Você sabe o que é e-Vídeo ou v-Learning?

e-Vídeo

Você sabe as diferenças entre e-Vídeo e v-Learning e quais as vantagens destas ferramentas?

Antes de iniciar o tema, é importante lembrar que a forma como a população de qualquer parte do mundo consume conteúdo mudou drasticamente nos últimos anos. O advento da Internet e o avanço da tecnologia proporcionaram o nascimento das redes sociais e dos smartphones. Com isso, a escolha de divulgação de conteúdo em vídeo se popularizou ainda mais. Só como exemplo, em janeiro de 2018, 85% dos brasileiros afirmaram consumir conteúdo em formato de vídeo.

E além do impacto no nosso dia a dia, essa popularidade facilitou bastante a produção de material para educação a distância, permitindo uma maior penetração dos cursos online na educação tradicional e profissional.

Mas o que seria e-Vídeo e v-Learning? Reunimos informações sobre esses conceitos para apresentarmos os termos, suas características e diferenças.

Vamos começar com o e-Learning

Antes de falar sobre o e-Vídeo e v-Learning, é importante conceituar a origem do termo e-Learning. O e-learning é o termo variante do inglês electronic learning, ou aprendizagem/ensino eletrônico. O “e” de eletronic pode ser visto em termos como e-Mail, e-Commerce, etc. E no termo e-Vídeo foi utilizada a mesma estrutura.

O e-Vídeo

Conceitualmente o e-Vídeo está ligado ao uso de vídeos em e-Learning sempre como parte do treinamento, nunca integralmente. Sabemos que quanto mais variado o uso de recursos em EAD, maior a probabilidade de estimular a significação dos alunos a um determinado conteúdo. Desta forma, o e-Vídeo pode ser encarada como uma fração de um e-Learning tradicional que diversifica o formato do curso e apresenta recursos audiovisuais como alternativa.

Sabemos que um dos objetivos de se usar vídeo em educação é concentrar grandes quantidades de informação em um menor tempo. Então, o e-Vídeo, torna-se uma opção para empresas que querem diminuir a duração da capacitação, aliado a capacidade de diversificar os recursos pode se tornar uma excelente alternativa. Este recurso pode ser usado por exemplo em um jogo educativo que tem um vídeo introdutório, em um programa blended-Learning que estimula a visualização de vídeos antes da execução de um e-Learning tradicional ou até mesmo em um e-Learning que possua uma gama de recursos variada que pode mesclar jogos, árvore de decisão, cases situacionais e vídeos para estimular o aluno das formas mais variadas possíveis.

 O v-Learning

O termo “v” de v-Learning se origina do termo “vídeo”, ou seja, conceitualmente o v-Learning é um curso essencialmente baseado em vídeo. Este ensino é mais comumente utilizado na educação a distância, mas pode ser também ter seu lugar na educação presencial. A sua grande vantagem em EAD é a possibilidade de mesclar os vídeos com interação, por meio de exercícios avaliações ou interações com cases ou personagens que demonstram casos práticos. O v-Learning é a principal metodologia para o e-Learning atualmente, pois a cada dia que passa os usuários estão  menos propensos a realizarem treinamentos tradicionais que exigem muita leitura, sendo o vídeo visto como uma ferrmaenta mais dinâmica e preferida por jovens.

As opções com o v-Learning são variadas e demonstram sua flexibilidade para estar presente no aprendizado profissional. Com o v-learning, é possível trabalhar a criação de vídeos para uma sessão de treinamento a partir de diversas abordagens; uma palestra em auditório, a gravação de um webinar, narração de uma apresentação PowerPoint, a criação de vídeos animados e explicativos, ou até mesmo combinar diversas dessas opções em um vídeo único.

v-Learning
Designed by Freepik

O vídeo no e-learning

Com o passar do tempo o vídeo se mostrou um dos maiores facilitadores do aprendizado no e-Learning. Quando a internet não permitia o uso de vídeos pela baixa largura de banda de internet ou falta de infraestrutura interna nas empresas, isso havia sido descartado, mas hoje o cenário mudou, permitindo CODECs de vídeo extremamente leves ou larguras de banda suficientemente boas para se usar vídeos de baixa, média ou até mesmo alta resolução, em computadores, tablets e celulares, extrapolando a possibilidade de uso em aplicativos de ensino, ou até whatsapp e redes sociais.

O vídeo além do e-Learning

Como já foi demonstrado, a associação entre vídeo e e-Learning pode servir como plataforma para diversas outras formas de interação no aprendizado profissional e até para outras atividades que tenham como intuito informar, capacitar ou divulgar algo aos seus colaboradores.

O mais importante é enxergar os vídeos como uma ferramenta adicional no mundo de opções que a sua área de treinamento pode oferecer. As vantagens e benefícios já estão comprovadas dentro e fora do e-Learning, seja nos momentos de lazer ou nos momentos de aprendizado profissional, pela presença inexorável no cotidiano da humanidade.

Depois dessa jornada pelo que é e-Vídeo e v-Learning, é possivel compreender diversos aspectos e a forma como eles podem impactar o seu negócio. Por isso, encontrar maneiras de trabalhar e diversificar o uso dos vídeos é muito importante e pode trazer para o seu treinamento uma nova dinâmica, positiva para todos os envolvidos.